O faturamento de pequenas e médias empresas com vendas online cresceu 118% entre fevereiro e agosto deste ano, em comparação com o mesmo período de 2019. O volume de vendas no mesmo período aumentou 98%.

Os números fazem parte de um levantamento feito pela Neotrust/Compre&Confie, empresa de inteligência de mercado.

Segundo a estudo, o fechamento das lojas por causa da pandemia do coronavírus acelerou o processo de digitalização desses negócios e incentivou o investimento no ambiente digital como principal canal de vendas durante a quarentena.

 

Compras

 

Confira o volume de compras por região:

 

– Sudeste: 69%
– Norte e Nordeste: 13%
– Sul: 12%
– Centro-Oeste: 6%

As categorias que mais cresceram no volume de vendas foram:

– Cama, mesa e banho: 393%
– Móveis: 241%
– Decoração: 217%
– Saúde: 212%
– Câmeras, filmadoras e drones: 205%

“A chegada da pandemia causou um grande impacto na forma que essas empresas se relacionam com seus consumidores. Muitas dessas lojas não tinham familiaridade com o varejo online e tiveram que acelerar essa migração. A adaptação foi necessária e o resultado tem sido excelente”, afirma André Dias, presidente-executivo da Neotrust/Compre&Confie.

 

 
Fonte: Contábeis

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *