O Centro de Educação Fiscal da Escola de Governo do Estado de São Paulo (Egesp), da Secretaria da Fazenda e Planejamento, capacita estudantes universitários interessados em auxiliar a população em questões tributárias de competência estadual. 

A capacitação, iniciada em 15 de setembro, é realizada por meio do Projeto Parceiros do Atendimento da Fazenda Estadual (PAFE), no Centro Universitário FMU, Campus Liberdade. É direcionada aos estudantes de contabilidade, administração, direito e comércio exterior.

Durante o treinamento serão abordados conhecimentos básicos sobre os tributos estaduais, educação fiscal, Simples Nacional, MEI, Cadesp, Nota Fiscal Paulista, certidões, isenções por meio do SIVEI, etiqueta no atendimento virtual, dentre outros temas relacionados ao atendimento contábil.

O PAFE-Universitário foi inspirado em ação semelhante da Receita Federal do Brasil com os Núcleos de Apoio Contábil Fiscal – NAF, e busca trazer cidadania às comunidades, formando uma rede de atendimento dentro das instituições de ensino. A ideia é valorizar e promover o conhecimento contábil e fiscal por meio da atividade prática.

O projeto piloto do PAFE foi idealizado em Marília, pela DRT-11, em parceria com a Universidade de Marília (Unimar), e depois se expandiu para Bauru (Instituição Toledo de Ensino). Em São Paulo, já foi oferecido nos centros universitários FMU e na Faculdade Campos Salles.

O foco do atendimento está nas pessoas físicas, microempreendedores individuais e microempresas, que normalmente não têm acesso aos grandes escritórios de contabilidade.

As atividades desenvolvidas pelo PAFE devem ser essencialmente de orientação e voltadas para proporcionar aos acadêmicos a participação em situações reais de vida e trabalho, visando à complementação de sua formação.

O PAFE-Universitário está inserido em um grande projeto de melhorias no atendimento da Secretaria da Fazenda e Planejamento, que incluirá o PAFE-Entidades (iniciativa semelhante, desenvolvida com entidades de classe de contadores, advogados etc) e mais outros importantes avanços estratégicos no fortalecimento do atendimento ao contribuinte.

Tais ações, batizadas de Novo Atendimento, consistem em um grande plano de reformulação de toda a estrutura de atendimento da Secretaria da Fazenda e Planejamento, que privilegia o contato virtual, minimizando custos, deslocamentos e tempos da atividade, o que coloca o contribuinte e o atendimento de suas demandas em primeiro lugar no processo decisório. 

 

Fonte: portal.fazenda

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *