Balanço e Balancete
Compartilhar o conteúdo :)
  • 6
  •  
  •  
  •  

A gestão financeira de uma empresa é uma das áreas mais importantes de um negócio, por isso, saber a diferença entre balanço e balancete é essencial.

 

Estes relatórios irão refletir no desempenho e sucesso da empresa, pois, contém informações financeiras da mesma.

Por isso, tenha profissionais experientes, com capacidade e conhecimento para realizar esse tipo de documentação.

Continue acompanhando este artigo e entenda mais sobre balanço e balancete e as diferenças entre cada um.

 

Conceito de Balanço

O Balanço Patrimonial é uma demonstração contábil que apresenta a posição financeira e patrimonial de uma empresa de forma quantitativa e qualitativa, em um determinado período.

 

Ou seja, é o principal demonstrativo financeiro de um negócio, pois, oferece uma visão completa do patrimônio do negócio.

Este relatório irá expor a situação financeira da empresa dentro de um ano, sendo, portanto, elaborado no fim de cada exercício social.

Ele pode ser elaborado trimestral e anualmente, mas geralmente, é elaborado no fim de cada ano.

Nele, as contas devem ser classificadas segundo os elementos do patrimônio e agrupadas de forma em que o conhecimento da situação financeira seja facilitado.

Ele é composto pelas seguintes subdivisões: Ativos, Passivos e Patrimônio líquido.

Ativos: são todos os bens diretos de uma instituição, como, imóveis, dinheiro em caixa, etc. e bens intangíveis, como marcas, patentes e etc.

Passivos: são todas as obrigações diante de terceiros, como impostos, dívidas, salários, etc.

Patrimônio Líquido: é o patrimônio da empresa, ou seja, seu valor é a diferença entre o valor do ativo e o valor do passivo.

 

Leia também:

 

Estamos no final do ano! O que fazer para pagar menos imposto em 2019?

 

Conceito de Balancete

O Balancete de verificação é um relatório opcional, onde contém saldos de créditos e débitos de todas as contas do plano de contas.

 

Sua referência são as informações do Livro Razão e o conteúdo aponta a situação contábil em um determinado momento, da instituição.

Este relatório deixa claro se as finanças estão a favor de seu negócio, ou seja, se há desenvolvimento em suas finanças.

O uso deste relatório, geralmente, é apenas interno, sendo de interesse da empresa e de seus gestores, desenvolvê-lo, podendo ser emitido em qualquer período.

O Balancete tem a função de encontrar fraudes e corrigir erros, como:

  • Documentos omitidos;
  • Lançamentos duplicados;
  • Saldos e documentos em conflito; e etc.

 

Diferença entre Balanço e Balancete

É possível verificar algumas diferenças entre os dois, pois, o balancete pode ter a alteração em valores.

Já o balanço é o relatório final, não podendo ter seus resultados modificados.

Ou seja, um pode ser feito ao decorrer de todo o ano, se for de escolha da empresa, mas o outro precisa ser feito no fim de todo ano, para verificação da situação patrimonial da empresa.

Além disso, a diferença é que o balancete de verificação não é obrigatório para nenhuma empresa, tendo maior liberdade em sua emissão.

Já o Balanço patrimonial é obrigatório a toda empresa de capital aberto, PMEs e empresas de grande porte, segundo a Lei n. 6.404/76 e a Norma TH 1000.

Portanto, a diferença entre balanço e balancete está na obrigatoriedade entre eles, seus valores e informações.

 

Via: www.jornalcontabil.com.br/

Comentários no Facebook